Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental

São Paulo, 18 de fevereiro de 2018

A Associação Universitária > Pesquisadores Membros da Associação > Prof. Dr. Gisálio Cerqueira Filho

Gisálio Cerqueira Filho. Professor Titular de Teoria Política e pesquisador sênior na Universidade Federal Fluminense, atuando no Laboratório Cidade e Poder (LCP-UFF). Doutor em Ciências Humanas (USP), com pós-doutorado na Biblioteca Nacional de Lisboa, Portugal (1999). Mestre em Ciência Pítica (IUPERJ). Fundador do Programa de Mestrado em Pensamento Social e Político no Brasil (PUC-RIO), exercendo mandato como professor eleito na qualidade de representante do CCS (PUC-RIO) no Conselho Curador da Fundação Padre Leonel Franca.Ex- Diretor do Departamento de Sociologia e Política da PUC-RIO. Professor Titular de Sociologia. Membro do Research Committee  on Sociology of Law (RCSL) da International Sociological Association (ISA). Membro da AUPPF - Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental. Vários artigos e livros publicados no Brasil e no exterior. Entre outros, "Autoritarismo Afetivo: a Prússia como sentimento". São Paulo: Ed. Escuta, 2005. Também "Estridente Strindberg. edição bilíngue português/alemão, Rio de Janeiro: NPL, 2008. Em colaboração com Gizlene Neder lançou "Duas Margens: ideias jurídicas e sentimentos políticos no Brasil e em Portugal na passagem à modernidade". Rio de Janeiro: Ed. Revan, 2011. Publicou recentemente “Sufoco nas alturas; sobre Páramo, de Guimarães Rosa” in Passagens. Revista Internacional de História Política e Cultura Jurídica, Vol V, n. 2, maio-agosto,2013. Qualis B-1   

http://www.revistapassagens.uff.br/index.php/Passagens  http://www.historia.uff.br/revistapassagens/inicio.php  

Endereço (Address):

Universitário: 

Universidade Federal Fluminense – UFF 

 

Pessoal:

Rua Bom Pastor, 107 Apto. 901 BL. 1

20.521-060 Rio de Janeiro, RJ

Tel.: 55 21 22.54.69.36

E-mail: gisalio@superig.com.br 

  

Projetos de Pesquisa:  (1) "Ethos e Pathos no SertãoGuimarães Rosa - outras veredas". (2) "Sigmund Freud e Hans Kelsen: uma aproximação entre subjetivação e direito".