Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental

São Paulo, 18 de agosto de 2019

Produção Científica > Teses > Isabel da Silva Khan Marin

MARIN, Isabel da Silva Khan. Violências. São Paulo: Escuta/FAPESP, 2002. 208 p. ISBN: 85-7137-204-7

Desde Freud, a psicanálise aponta que a violência é, enquanto fundadora da civilização, determinante da subjetividade. O homem da cultura é herdeiro e cúmplice de um crime, fato que tenderá a ser negado e perpetuado por toda a humanidade. As vicissitudes do complexo edípico retomam, na constituição da subjetividade de cada um, toda essa contradição. Nesse paradigma clássico já temos elementos que levam a pensar na questão da violência como elemento fundante da subjetividade.